TECNOLOGIA SOCIAL E REFORMA AGRÁRIA: REFLEXÕES A PARTIR DO CURSO DE FORMAÇÃO CRÍTICA EM SISTEMAS DE SANEAMENTO ECOLÓGICO

Autores

  • Caroline Alves de Souto Mattos
  • Marcella Moraes Peregrino Gelio
  • Ruth Osorio de Lima
  • Felipe Addor

DOI:

https://doi.org/10.36882/2525-4812.2020v6i14p103-119

Resumo

Neste trabalho desenvolvemos uma análise sobre uma das ações do Projeto Tecnologia Social em Assentamentos da Reforma Agrária: o Curso de Formação Crítica em Sistemas de Saneamento Ecológico no Acampamento Edson Nogueira (Macaé, RJ), realizado pelo Núcleo de Solidariedade Técnica (Soltec/UFRJ). Desenvolvemos uma revisão bibliográfica com base em dois conceitos-chave do Projeto Tecnologia Social e Engenheiro Educador. O curso iniciou em 2018 e encontra-se em andamento, promovendo um processo de reflexão e prática sobre a questão do saneamento nos assentamentos e acampamentos da reforma agrária. A atuação foi analisada a partir de duas diretrizes da extensão universitária e apresenta-se como uma iniciativa que busca romper com a estrutura tecnológica convencional e aproximar a universidade das demandas dos movimentos sociais.

Downloads

Publicado

2020-11-27

Edição

Seção

Artigos