Terceira Margem Amazônia, Vol. 5, No 13 (2019)

A MORTE CATASTRÓFICA DE ÁRVORES POR INUNDAÇÃO NA ILHA DO CAREIRO DA VÁRZEA-AM

David Fraklin da Silva Guimarães, Suzy Cristina Pedroza da Silva, Mônica Alves de Vasconcelos, Gabrielle Sant´Anna Mendes, Henrique dos Santos Pereira

Resumo


Esse artigo teve como objetivo investigar a percepção de moradores das margens do rio Amazonas e as mudanças na paisagem associadas a eventos hidrológicos extremos, na forma de incidência anormal de mortandade de indivíduos arbóreos estabelecidos. Os dados foram obtidos mediante observações e questionários semiestruturadas aplicados no Distrito de Terra Nova, Careiro da Várzea, Amazonas, bem como utilização de sensoriamento remoto para analisar a dinâmica da paisagem na região. A maioria absoluta dos moradores afirmou que a mortandade catastrófica de árvores teve início após a enchente de 2009, indicando que fenômeno está associado ao impacto da inundação anormal e não de secas. Manga (Mangifera indica) e goiaba (Psidium guajava) foram as espécies relatadas como a mais afetadas. A dinâmica de paisagem comprovou a perda de espécies frutíferas na região, bem como a intensificação do fenômeno de terras caídas na região.

Texto Completo: PDF