Terceira Margem Amazônia, Vol. 4, No 12 (2019)

COMUNIDADES TRADICIONAIS, MEIO AMBIENTE E TRABALHO: ANÁLISE DA PESCA COM MATAPI POR RIBEIRINHOS AMAZÔNIDAS

Rosenildo da Costa Pereira

Resumo


O artigo discute o procedimento da pesca artesanal no contexto de comunidades rurais ribeirinhas do município de Abaetetuba, estado do Pará, mais especificamente o território do assentamento São João Batista, na Ilha Campompema. Buscou-se fazer uma etnografia da atividade de pesca com o uso do instrumento matapi a partir do olhar e da experiência empírica dos moradores ribeirinhos locais. O estudo foi conduzido por meio de entrevistas a partir de conversas informais, observação no território e análise bibliográfica. Como resultado a pesquisa aponta as diversas formas de uso do matapi, seja no contexto de água grande (lançante), seja no período de água baixa (morta), assim como todo o processo que envolve a pesca com utilização desse instrumento pesqueiro.

Texto Completo: PDF