Terceira Margem Amazônia, Vol. 4, No 12 (2019)

DINÂMICA DA PRODUÇÃO DE ALIMENTOS NA REGIÃO DE SANTARÉM, OESTE DO PARÁ

Herberto Gabriel Ferreira Neto, Cássio Alves Pereira, Everaldo Nascimento de Almeida

Resumo


O artigo teve por objetivo realizar uma análise crítica da dinâmica da produção de alimentos na região de Santarém, oeste do Pará. As informações dos cultivos alimentícios, além das criações de animais, foram obtidas da plataforma Sidra/IBGE. Os resultados mostraram que no período de 15 anos os cultivos de melancia, mandioca, milho e soja expandiram a produção, enquanto os demais apresentaram reduções produtivas. Entre as criações, o rebanho bovino manteve-se estabilizado, enquanto os rebanhos de suínos e galináceos aumentaram no período. Por outro lado, observou-se redução dos rebanhos ovinos e caprinos. Apesar da oscilação produtiva, a região ainda conserva uma diversidade de produção, realizada pelos segmentos da agricultura familiar, que coexistem com o agronegócio em plena expansão. A matriz fundiária, além da forte organização social, são fatores que garantem a permanência desses sujeitos sociais na região.

Texto Completo: PDF