Terceira Margem Amazônia, Vol. 3, No 11 (2018)

USO TRADICIONAL DO FOGO: AVALIAÇÃO DE QUEIMA CONTROLADA NA AGRICULTURA DE SUBSISTÊNCIA EXERCIDA NA RESERVA EXTRATIVISTA TAPAJÓS-ARAPIUNS

Vanessa Sousa Gomes, Daniela Pauletto

Resumo


O objetivo deste estudo foi realizar um diagnóstico do uso do fogo, em comunidades com alta incidência de focos de calor, na Reserva Extrativista Tapajós-Arapiuns (RTA). O trabalho foi conduzido através da aplicação de questionário semiestruturado em três comunidades (Cabeceira, Enseada e Vila do Amorim) que apresentaram alta intensidade de focos de calor e solicitações de autorizações para queima e limpeza de áreas nos últimos oito anos. Todos os entrevistados declararam que têm a agricultura como principal fonte de renda e 67% destes afirmaram que recebem também algum benefício. Observou-se que os moradores queimam em média 1,0 ha de vegetação secundária todo ano e que adotam como principal medida preventiva contra incêndios a construção de aceiro. Conclui-se que a prática do manejo do fogo na RTA possui, em sua maioria, caráter de limpeza do material vegetal para um novo plantio. A falta de investimento em técnicas de plantio de prevenção tem levado a Unidade de Conservação (UC) a sofrer perdas enormes com os incêndios florestais constantes.

Texto Completo: PDF