Terceira Margem Amazônia, Vol. 2, No 9 (2017)

PERCEPÇÃO DO AMBIENTE E CONFORTO AMBIENTAL NA ÁREA DE PROTEÇÃO AMBIENTAL UFAM/ACARIQUARA: CONTRAPONTOS E INTERSECÇÕES

Marília Gabriela Gondim Rezende, Jennyffer Caroline Santos Duarte, Therezinha de Jesus Pinto Fraxe, Mônica Suani Barbosa da Costa

Resumo


A percepção ambiental tem sido amplamente utilizada em estudos que visam a conservação de diversos ecossistemas, devido à importância da compreensão dos aspectos perceptivos e seus desdobramentos nas ações dos sujeitos sociais no ambiente. Nesse sentido, o objetivo deste artigo foi analisar a percepção que os frequentadores da Área de Proteção Ambiental UFAM/ACARIQUARA têm acerca do ambiente e identificar os principais aspectos do conforto ambiental decorrentes da percepção. Para atingir esses objetivos foram realizadas entrevistas abertas e aplicação de formulários com os sujeitos da pesquisa, conferindo um desenho amostral de 30% da população total. Pode-se inferir, após a análise dos dados, que o conforto ambiental tem significativa influência nas interações que ocorrem entre os sujeitos sociais no espaço, podendo intervir positiva ou negativamente na permanência ou no deslocamento dos indivíduos.

Texto Completo: PDF