A INCLUSÃO DOS POVOS INDÍGENAS NAS DIRETRIZES DO PLANO DE GESTÃO DA RDS DO TUPÉ, AMAZONAS

Autores

  • Pedro Henrique Mariosa
  • David Franklin da Silva Guimarães
  • Emilly Graziela Padron da Cruz
  • Valmir César Pozzetti

Resumo

O processo de criação de Unidades de Conservação de Uso Sustentável é uma importante estratégia de proteção ambiental, mas deve primar pela valorização sociocultural e participação dos diversos atores sociais. Nesse sentido, a presença de povos indígenas em unidades de conservação traz consigo diversos questionamentos acerca da participação, representação e inclusão dos mesmos na gestão dessas áreas protegidas. Para trazer contribuições a essa lacuna, a presente pesquisa tem por objetivo analisar a inclusão dos povos indígenas no processo de gestão da RDS do Tupé, Amazonas. Com uma abordagem qualitativa, esse trabalho foi desenvolvido através de revisão bibliográfica, levantamento documental e estudo exploratório. Concluiu-se que são necessários alguns apontamentos ao órgão gestor para que este inclua em sua pauta a consulta aos povos indígenas.

Downloads

Publicado

2018-02-01

Edição

Seção

Artigos