Terceira Margem Amazônia, Vol. 2, No 6 (2017)

CAMPONESES E RELIGIOSIDADE NA AMAZÔNIA PARAENSE

Cátia Oliveira Macedo, Rafael Benevides de Sousa

Resumo


O artigo apresenta uma reflexão acerca da territorialização dos grupos de evangelização na comunidade do Cravo, localizada no município de Concórdia do Pará, nordeste paraense. Em linhas gerais, apresenta-se a relação entre os camponeses e a Igreja em meio ao processo de mudança ideológica do catolicismo no Brasil após a década de 1970. Vislumbrou-se ao longo da pesquisa os grupos de evangelização como uma territorialidade que norteia a vida em comunidade, seja nas relações de trabalho, seja nas relações familiares e de vizinhança. Os dados ora apresentados foram coletados em pesquisa de campo e documental realizada entre setembro de 2010 e agosto de 2011. Através das histórias da vida, colheu-se depoimentos orais, o que possibilitou compreender a ação dos grupos de evangelização na comunidade e no município de Bujaru. As entrevistas foram complementadas pelas fontes escritas, bem como o folheto semestral com o roteiro dos encontros e o Boletim Somos Irmãos (1986 a 2001).

Texto Completo: PDF